Reabilitar, Reestruturar, Renovar – Porquê?

  • Preservação de valores culturais

Até à primeira metade do séc. XX, o conceito de património arquitetónico estava basicamente restringido a monumentos e outros edifícios e construções especiais.

  • Proteção ambiental

Reabilitar edifícios antigos significa preservar uma grande parte dos elementos construídos, reduzindo a quantidade de demolições necessárias e das correspondentes reconstruções.

  • Vantagens económicas

Reabilitar significa consumir menores quantidades de energia na produção e aplicação de produtos de construção, reduzir as emissões de CO2 e limitar as quantidades de produtos de demolição a remover e destruir. Outras vantagens que se podem enumerar são:

  • Redução dos custos de demolição;
  • Redução dos custos de licenças e taxas,
  • Aprovação mais fácil de projetos;
  • Redução dos custos de estaleiro;
  • Redução das perturbações do tráfego urbano;
  • Colocação mais fácil de produtos de construção;
  • Redução das quantidades de novos materiais.

Tudo isto significa que, mesmo que os preços unitários dos trabalhos de reabilitação, sejam mais elevados do que os de novos e correspondentes trabalhos, o custo total da intervenção pode ser menor do que o da construção de um edifício novo.